17 de set de 2009

Solidão


Ultimamente estou ficando muito em minha companhia!
Muitas vezes nos sentimos só mesmo não estando sozinhos. A principio é uma sensação bem ruim porque sentimos desamparo, mas como temos a mesma capacidade dos animais, que também o somos, entra em ação a lei da sobrevivência e acabamos, não sem sofrimento, conseguindo lidar com a solidão.
Quando tenho algum sentimento me incomodando vou consultar meu psicólogo, o Dr. Net, e sempre encontro as mais diversas respostas.
O texto acima é de minha autoria.

Dêem uma olhadinha em mais uma poesia que encontrei no Site de Poesias.
http://sitedepoesias.com.br/

Da solidão e do solitário

É na solidão que se conhece a si mesmo
Pois acesa a lamparina da consciência
A ilusão desmorona e ficamos frente a frente
Com os demônios e monstros que há dentro de nós
E é impossível mentir quando estamos a sós com essas feras.

Inegável são a reflexão e a reciclagem na solidão
Por estarmos a sós não podemos nos omitir
Nem adquirir o anonimato do meio da multidão
O céu transforma-se em inferno e a confusão nasce
Pois é na solidão que os ouvidos enxergam
E os olhos ouvem, enquanto a boca respira
E o nariz fala a voz inconfundível do silêncio.

Solidão também é companhia
Companhia de nós mesmos
O “eu” que muitas vezes abandonamos a esmo
Para viver nas asas e sombras alheias
Enquanto nosso espírito se asfixia
Com tanta ilusão e mesquinharias.

Quem disse que companhia
Significa ausência de solidão
A muitas maneiras de ser só
Solitário em pensamentos
Solidão intelectual
Mas a pior solidão é a do poeta
Que acompanhado pelas estrelas
Embebido de noites prateadas
Não pode pegá-las...

Davi Roballo

* * * * * * *

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou do que viu aqui?
Deixe seu comentário.
Responderei assim que possível.
E não esqueça de recomendar aos seus amigos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...