24 de jul de 2011

Síndrome da Fadiga Crônica

“Você sabe que tem a Síndrome da Fadiga Crônica, quando você acorda pela manhã para se preparar para o seu cochilo.” (autor desconhecido)


Não sei quem é o autor desta frase, só sei que me identifiquei totalmente.
O que eu vou relatar agora já vem me acontecendo há certo tempo.
Levanto-me pela manhã “cheia de gás”, tomo tranquilamente meu café com
leite enquanto degusto meu adorado pãozinho francês e em seguida vou alimentar meus cãezinhos.
Depois de feito isso, começo a andar pela casa para ver o que há para ser feito, mas geralmente isso não dura muito.
De repente, quando observo, vejo que estou pegando as coisas e apenas trocando-as de lugar. Percebi que faço isso, quando todo “aquele gás” que eu tinha ao me levantar já se acabou, e estou apenas tentando me enganar fazendo de conta que farei alguma coisa.
Assim que me dou conta disso, já sei que posso esquecer tudo o que havia planejado fazer.
Quando estou assim, é perda de tempo continuar me enganando, porque sei que não farei absolutamente nada! Então, sem o menor peso na consciência, vou direto para o lugar mais delicioso da minha casa.
Onde fica isso? Minha cheirosa caminha!
E vou pra minha caminha sem peso na consciência, para que quando o marasmo passar, eu não fique me recriminando e fazendo cobranças inúteis. Aprendi que estas atitudes só servem para me deixar emocionalmente mal e fisicamente dolorida.
Demorei certo tempo até me conformar, e para conseguir admitir que eu seja mais uma portadora da Síndrome da Fadiga Crônica.
Cheguei à conclusão que seria melhor eu passar a admitir isso, e seguir pesquisando sobre o assunto para ver se descubro algum “milagre” que faça com que eu volte ao normal.
Com o que andei lendo eu aprendi que, igualmente como a fibromialgia, ainda não descobriram a causa da fadiga crônica, que diferentemente da fibromialgia, que ainda não tem cura até agora, a fadiga crônica pode surgir do nada e também desaparecer da mesma forma, ou então, fazer parte definitivamente da vida do portador.
Para quem esteja sentindo já fazer parte da minha confraria, eu recomendo que assistam ao programa: E ai Dr? Rede Record, Fadiga Crônica.
O programa vai ao ar de segunda a sexta, mas especificamente nesta segunda-feira um dos temas abordados será a Fadiga Crônica.
O texto acima é de minha autoria.

Programa: E ai Dr?
Apresentador: Dr. Antônio José Sproesser Júnior
Local: Rede Record
Data: segunda, 25 de julho de 2011
Horário: 14:30

2 comentários:

  1. Olá Cristina!
    Vc na foto está numa praia..vc então vai mar as praias do Rio se ainda não conhece!!!
    A Fibro é uma doença que também não pode ser esquecida, pois é bastante ignorada pela própria classe médica. Obrigad por me seguir, e espero que possamos trocar idéias sobre a dor crônica, mesmo tendo origens diferente, embora acho que toda doença auto imune anda de mãos dadas com a Fibro e a Sindrome da Fadiga Crônica.
    Isso é uma outra pesquisa..rsrsr
    Um grande abraço e assim que der vou ler seu blog com carinho e tempo!
    Rosane

    ResponderExcluir
  2. Olá, Rosane.
    Adoro o Rio! A foto da praia é de umas férias em Maceió! Amo o mar!
    Obrigada por seguir e visitar meu blog.
    Mil bjs

    ResponderExcluir

Gostou do que viu aqui?
Deixe seu comentário.
Responderei assim que possível.
E não esqueça de recomendar aos seus amigos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...