11 de dez de 2010

A vida é uma arte ou uma artralgia?

Há uma semana mais ou menos, venho sentindo uma dorzinha chata na parte de trás do joelho esquerdo. Fiquei esperando que desaparecesse da mesma forma como surgiu, mas isso não aconteceu. Ela piorou e descidi ir ao P.S. para ver o que é. Passei por um ortopedista que anotou no laudo como sendo uma artralgia. O que é isso? É dor em uma ou mais articulações e pode ser causada por vários fatores.
Fizeram RX e saí de lá com uma receita de antiinflamatório e analgésico e não ficou clara qual a causa do problema, mas o que o RX mostrou me deixou pasma! Estou com começo de artrose! Aí eu pensei, mas artrose não é doença de idosos?
O doutor olhou para mim e disse: “Mas você é tão nova”!
Já ouvi essa mesma frase em outra ocasião! Eu disse a ele que devo estar na menopausa e que ninguém acredita, meu ciclo já está falhando, sinto as ondas de calor e a ginecologista olha meus exames e diz que não é menopausa! Então é o que?
Sei que estou envelhecendo e isso não me assusta. Dá até certo alivio porque estou deixando de me preocupar com certas coisas que antes eu achava mais importantes.
Meu rosto, meu corpo e minha aparência dizem uma coisa, mas meu estado físico diz outra. Sei que não aparento ter 48 anos e isso me deixa feliz, mas quando me olho no espelho vejo as mudanças e o meu envelhecimento. Algumas vezes isso não me incomoda e em outras, quando não reconheço mais a minha imagem, fico triste... Certamente não sou a única a passar por isso!
Mas vamos ao que interessa!
O que é artrose?
É uma doença articular degenerativa também conhecida como osteoartrite ou osteoartrose.
Mas o que são doenças degenerativas?
São doenças causadas pela alteração do funcionamento de células, tecidos e órgãos. As mais conhecidas são a hipertenção, as doenças cardíacas, o diabetes, o câncer, Mal de Alzheimer, esclerose, reumatismo, artrose, artrite, doenças da coluna e têm muitas outras mais.
Agora sabendo de tudo isso, podemos concluir que a artrose é uma doença causada pela degeneração da cartilagem e dos ossos das nossas articulações.
Como ela aparece?
Por volta dos 40 anos, a artrose começa aparecer nos exames de RX. Os sintomas aparecem gradativamente e é uma doença de desenvolvimento bem lento. A dor é o primeiro sintoma. Com o crescimento das cartilagens o tamanho das articulações pode aumentar, e com o crescimento dos ossos desenvolvem-se protuberâncias nas articulações dos dedos causando deformação. Depois, com a piora da doença, as articulações podem ficar totalmente rígidas. Em algumas articulações o problema pode causar muita dor, como nos joelhos, quadril e coluna. O cresceimento dos ossos pode comprimir os nervos e causar sensações estranhas como fraqueza e entorpecimento.
Tem tratamento?
Segundo o que li nos links abaixo o médico vai recomendar medicamentos para combater a dor, fisioterapia, exercícios específicos e alertar sobre a diminuição da carga nas articulações afetadas e orientar sobre os fatores que pioram a artrose (aumento de peso, atividades físicas de alto impacto, tabagismo e excesso de bebibas alcoólicas). Em estado muito avançado é necessario cirurgia.
Tem prevenção?
Cultivar hábitos de vida saudáveis. Manter o peso dentro dos limites, através de uma alimentação equilibrada e praticar atividade física moderada e regular.
Moral da história, não é tão mal assim ter diagnóstico de artrose aos 48 anos, já que todos podem ter e ela começa aparecer aos 40 sem sintomas.
Eu não sou médica, sou curiosa e gosto de saber o que tenho.
Tudo o eu que escrevi neste post eu descobri lendo as matérias nos links que estou indicando abaixo.
O texto acima é de minha autoria.

Para quem quizer saber mais sobre artralgia:

Para saber mais sobre doenças degenerativas:

Veja sobre artrose:

Tenho artrite ou artrose? Está em dúvida? Veja as diferenças neste link:

3 comentários:

  1. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!
    [A Fibromialgia, a Depressão e Eu]

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    - Só Sites e Blogs Premiados -
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    - Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética -

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo


    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    ....................................................................

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, resolvi pesquisar mais sobre ete tema e descobri este blog que achei muito esclarecedor. É minha mãe que é portadora desta doença horrível a mais de 18 anos e venho acompanhado toda a sua luta pra amenizar as dores que sente. Atualmente está em crise, e não tem mais remédios para dor que ela tome , pois já faz ou fez uso de muitos. Eu sei que ela precisa de uma mudança de vida radical, com algo interessante pra se ocupar e alguma atividade física. O dífícil está sendo fazê-la entender o quanto isso é importante pra sua considerável melhora. Ela mora no interior e vie uma vida de dona de casa muito pacata. Preciso convencê-la de que ela pode melhorar sua dor e sua qualidade de vida. Obrigada por seus esclarecimentos no blog.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Thais. Não é facil ver o sofrimento de quem se ama. Parabéns por se preocupar e por tentar ajudar. Receber o apoio da família é um conforto enorme e ajuda muito na superação dos problemas da fibro, mas infelizmente não são todos os fibromialgicos que tem esta sorte. Por experiência própria, posso confirmar que atividades prazerosas são fundamentais para a melhora da qualidade de vida de quem tem fibro, pricipalmente se forem realizadas em momentos de crises de dor. Estas atividades são eficazes, pois auxiliam a tirar o foco da dor, por conseguinte a pessoa sofre menos, tanto no aspecto físico, quanto no psicológico. Obrigada por comentar. Bjs

    ResponderExcluir

Gostou do que viu aqui?
Deixe seu comentário.
Responderei assim que possível.
E não esqueça de recomendar aos seus amigos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...